PEKIN, PEQUIM ou BEIJING? – DICAS GERAIS

Em português falamos ‘Pequim’, Já os chineses falam ‘Beijing’.

Beijing é o nome correto em mandarim, idioma oficial da China. Pequim vem de Pekin, usado no passado, quando o cantonês era usado na região como idioma. O governo chinês se esforça em “fixar” no mundo que o nome da sua capital é Beijing. Então ok: vamos falar um pouquinho sobre visitar Beijing, a “capital do norte” na tradução literal. Beijing é a mais populosa capital do mundo, do país, igualmente, mais populoso do mundo. Frenética e feérica em muitos locais, combinando uma mistura arquitetônica que vai do tradicional ao moderníssimo, Beijing é agitada mas organizada e cheia de belos palácios, parques, templos, portões e museus para se visitar. Tem inúmeros pontos de interesse e vários “Patrimônios da Humanidade” pela classificação da UNESCO. Isso quer dizer que dá para programar uma visita de 5, 7,8 10 dias, sem medo de ficar sem ter o que fazer!

Precisamos de visto para ir par lá, que deve ser tirado com antecedência, para informações sobre o visto, clique aqui..

Como a china é um país comunista muito fechado, muitos assuntos são censurados. Inclusive, o acesso a internet é bem precário. A internet é lenta e vários sites como Google, Facebook e Youtube  e também aplicativos como o Instagram são bloqueados.

Ainda, a cidade é toda monitorada por câmeras de segurança. Há muitas, em quase todos os postes! Para visitar diversos pontos turísticos e também para entrar nas estações de metrô se passa por detector de metais e raio x. Nestes tempos esquisitos, acho até bom que seja assim…

Em muitos museus, tive que apresentar o passaporte, isso é bastante comum, então não esqueça de andar sempre com o passaporte!!!

Uma curiosidade – bem engraçada – é que muitos chineses te param na rua e pedem para tirar fotos com você. O motivo é simples, muitos vêm do interior e raramente viram ocidentais pessoalmente! É divertido…faz parte!

Estações do ano

O verão é muito quente, podendo ser chuvoso

. O resto do ano é seco, não havendo mau tempo: o que há são os dias de alta ou baixa poluição.

O inverno é bastante frio.

Idioma:

A língua é um problema: o inglês não é muito falado em Beijing. O ideal então é adquirir pequenos livretos que trazem a tradução do mandarim para o inglês dos nomes das estações de metrô e dos pontos de interesse turístico e ir apontando para o que se quer ao pedir indicações durante a viagem.

Moeda

A moeda chinesa é o Yuan. De forma geral, a cidade não é cara. Táxis são bastante em conta mas as grandes distâncias fazem do metrô uma excelente opção para ir a diversos pontos turísticos. Os preços dos restaurantes também não causam indigestão!

Hospedagem

Eu fiquei na casa de uma amiga, então infelizmente não posso recomendar nenhum hotel por lá.

No entanto, uma região boa para hospedagem é no entorno da cidade proibida.  Chaoyang é um bairro próximo à cidade proibida.  Hou Hai é um bairro jovem e com muita concentração de bares e gente jovem! O bairro de Wangfujing é cheio de hotel e provavelmente um bairro com custo x beneficio bom. Haidian fica a oeste de Pequin, não costuma ser uma área muito boa para se hospedar, pois fica bem longe do centro, o que vai te custar bastante tempo de deslocamento.

Deixe um comentário