Booking.com

Existe o grupo de que ama fazer o cruzeiro, quanto maior o navio mais legal e mais coisa para fazer. Outros não gostam tanto, exatamente por ser muito grande e com muita gente. O grupo Windstar oferece uma experiência diferente em um navio veleiro, pelo caribe e muitos outros lugares.

O Windstar é uma companhia de navios pequenos e de luxo, no nosso caso, escolhemos um navio veleiro. Ao contrario de um grande navio cruzeiro, os barcos do grupo são pequenos, com capacidade máxima de 300 hóspedes (windsurf). Mas não é por ser pequeno que não tenha luxo e muito conforto, pelo contrário.

O grupo também oferece cruzeiros em navios pequenos e outros veleiros e passeios em muitos outros lugares além do caribe, como Itália, Grécia, Alasca e Taiti.

Minha experiência

Fizemos o percurso chamado ” Yatchman’s Caribbean”, de 7 dias a bordo do navio Windsurf.

O navio teve como ponto de saída a ilha de St. Marteen. Chegamos um dia antes em St. Marteen, onde passamos a noite para embarcar no dia seguinte pela manhã.

O Percurso

St. Maarten – alto mar – Antigua – Tortola – Jost Van Dyke – Virgem Gorda – St Barth – St. Marteen

Dia a dia
#dia 1:St. marteen

O dia de partida e de conhecer o navio.

Acordamos cedo e fomos logo para o porto, começar o processo de embarque no navio. Chegamos lá e fomos direto para a cabine deixar as coisas, participar do treinamento de emergência e relaxar!

#dia 2: Antigua

Dia de conhecer Antigua. Uma ilha maravilhosa no caribe com mais de 365 praias. Esse dia resolvemos alugar uma scooter, dar uma volta na ilha e escolher qual era a melhor praia para ficarmos. Nessa brincadeira, paramos em umas 3 ou 4 praias, pelo menos para dar um mergulho.

São muitas praias, mas uma das principais é a Half Moon Bay, onde ficamos um tempinho. Ficamos também na Darkwood Beach uma praia maravilhosa, calminha e com mar maravilhoso!

#dia 3: Alto Mar

Dia de aproveitar o navio, descansar na piscina, ler um bom livro e claro, fazer uma massagem no spa !

#dia 4: Tortola

Chegamos em Tortola bem cedo, onde passamos o dia. Por volta das 6 pm o navio parte rumo a Jost Van Dyke, onde escolhemos jantar na ilha. O navio passou a noite atracado em JVD.

Quando chegamos ao porto, pegamos um taxi rumo a Smuggler’s Cove, uma das principais praias da ilha.  Praia com mar calmo e areia branca! Depois de um tempo por lá, seguimos caminho rumo a Long Bay.

#dia 5: Jost Van Dyke

Acordamos cedo e continuávamos em Jost Van Dyke, onde passamos o dia. Por volta das 3 horas da tarde, partimos rumo à Virgem Gorda, onde passamos a noite.

O dia começou bem cedo, já que teríamos que voltar para o barco cedo também. Saímos do porto e pegamos um taxi até White Bay, a principal e mais bonita praia da ilha. No caminho, do lado esquerdo (lembre de sentar do lado esquerdo!) tem um mirante com uma vista sensacional da praia!!

Chegando na praia, o bar Soggy Dollar Bar é super conhecido! Parada certa para tomar o famoso drink da ilha painkiller!

A praia é incrível com areia branca e mar maravilhoso!

#dia 6: Virgem Gorda

Acordamos na maravilhosa ilha de Virgem Gorda, uma BVI, onde passamos o dia.

Acho que a Virgem Gorda é uma das minhas ilhas favoritas do Caribe. Essa foi a segunda vez que visitei e resolvi fazer um passeio que tinha feito há muitos anos. Pegamos uma excursão do navio para The Baths, que fica no Parque Nacional Devil’s Bay.

Logo a primeira praia já é maravilhosa. Mas se você for a esquerda, seguindo a trilha de Devil’s Bay, você vai passar por umas grutas (o caminho é lindo também!) até chegar em uma outra praia que é maravilhosa também!! Esse passeio vale MUITO a pena!!

#dia 7: St Barth

Acordamos em St. Barth e passamos o dia por lá.

O Navio também oferece passeios por lá, como passeio com guia e passeio de catamarã. No entanto, preferimos alugar um carro e dar uma volta na ilha e depois descansar e relaxar em uma praia. Escolhemos ficar na praia de Anse des Flamands, praia maravilhosa e com estrutra muito boa, em frente a alguns hotéis. Lá é um bom lugar para passar o dia e almoçar. Areia super branca e com água cristalina.

#dia 8: St Marteen

De volta a St. Marteen e – infelizmente – dia de desembarcar e voltar pro Brasil.

Resumindo: o navio oferece muitas opções de passeios, mas praticamente em todas as ilhas resolvemos alugar um carro/scooter ou pedir um taxi e conhecer a ilha por conta própria. Acho que vale a pena.

 

O Navio

O navio tem 3 tipos de cabines, todas com vista para o mar.  As refeições estão todas incluídas e são servidas 24 horas. Você pode optar por um dos restaurantes do navio.  As bebidas também estão no pacote, só as alcoólicas que são pagas a parte.

A bordo também tem academia, piscina, spa e muito mais.

De modo geral, o Windsurf é um navio para relaxar e aproveitar as paradas. Acredito que crianças fiquem um pouco entediadas, por oferecer poucas atividades para essa faixa etária. Foge do tradicional “navio cruzeiro” para uma experiência a bordo de um navio super luxuoso e exclusivo.

 

Outra experiência pelo caribe: Turks and Caicos

E antes de ir para o caribe, que tal ficar um tempinho em Miami? o que fazer em Miami 

dicas gerais de Miami

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here